Leia também!
Home / Todos / Tablet positivo YPY AB10EC dado aos professores pelo MEC

Tablet positivo YPY AB10EC dado aos professores pelo MEC

Recentemente o MEC deu a todos os professores do CEFET-RJ um tablet YPY AB10EC de 10.1 polegadas da marca Positivo. Um bom dispositivo, embora com vários pequenos probleminhas.

wpid-img_20140703_023019.jpg

Vamos começar pela parte boa: a qualidade de construção. O tablet é bem robusto e firme, certamente feito para resistir ao dia a dia. A tela não é daquele plástico ruim que risca fácil, e toda a parte amarela das laterais é bem resistente. A maioria dos tablets chineses é mais frágil.

wpid-img_20140703_023055.jpg

Na parte de trás temos bem grande escrito: Ministério da Educação. Parece que estão mesmo com medo de que estes tablets sejam vendidos ou roubados. O tablet também possui este “bumper” amarelo para proteção adicional.

wpid-img_20140703_023113.jpg

Assim que ligamos o tablet aparece “Ministério de Educação” novamente. A primeira configuração possui um processo de desbloqueio na página do MEC, de forma que apenas um professor pode desbloquear.

wpid-img_20140703_023253.jpg

O Home default (tela inicial) deste tablet é horrível: lento e esquisito. Mas convenhamos, não é fácil fazer um aplicativo Lançador bom e leve. Para fazer este mais ou menos a Positivo deveria ter deixado o original do Android. Ainda bem que dá para trocar para o meu preferido iLauncher, descrito aqui neste texto.

O touchscreen é a parte boa deste tablet, com resposta perfeita ao toque. Alguns tablets vendidos aqui no Brasil ainda são modelos resistivos ou possuem resposta ruim. Este é muito bom neste sentido.

wpid-img_20140703_023705.jpg

Ainda com o bumper, o tablet possui este compartimento de botões e conectores.

wpid-img_20140703_023153.jpg

Sem o bumper amarelo os botões e conectores ficam à mostra: Power, entrada para fonte DC, USB, HDMI e saída de fone de ouvido. Ponto para a positivo no caso do HDMI, interessante para colocar o que você estiver usando no projetor durante uma aula.

Ponto negativo no sistema de carga da bateria. Só é possível recarregar a bateria com a fonte DC, ou seja, não dá para carregar usando a USB como na ampla maioria dos tablets chineses. Em outras palavras, ao invés de levarmos apenas um cabo mini USB para recarregar o tablet durante a aula é necessário levar a fonte, um incômodo trambolho.

wpid-img_20140703_024324.jpg

O tablet vem com um monte de aplicativos já instalados, mas eu ainda instalei um monte de outros. Tudo funcionou.

wpid-img_20140703_023544.jpg

O ranking AnTuTu é 14240, que é razoável para um tablet dual core. No momento os tablets chineses chegam a 20000 ou 30000, ou seja, não espere rodar jogos ou aplicativos mais complexos.

wpid-img_20140703_023658.jpg

O processador é um RockChip dualcore de 1.5GHz (máximo) com 1Gb de RAM. Nada mal, embora a maioria dos chineses já seja Quad Core. Este processador RockChip é muito bom, perde apenas para o SnapDragon da Qualcomm e para o Exynos da Samsung.

wpid-img_20140703_024237.jpg

A resolução da tela é baixa, apenas 160DPI em 1280×752. As cores são um pouco fracas e a tela não é tão brilhante como uma daquelas Apple “Retina”. Mesmo os “Retina” chineses são bem melhores.

wpid-img_20140703_024253.jpg

O tablet vem com programas educacionais instalados como este TV Escola, onde se pode assistir a programação da referida TV educativa.

wpid-img_20140703_023746.jpg

Também o portal do professor, onde existem sugestões de aulas e fóruns.

wpid-img_20140703_023817.jpg

E também outros conteúdos educativos. Tudo funcionou, embora um pouco lento e com alguns erros.

wpid-img_20140703_023833.jpg

Possui uma câmera frontal e traseira de 2M pixels, mas não vale à pena nem citar. Não possuem flash ou foco automático, ou seja, estão atrás até mesmo dos tablets chineses atuais sem marca.

wpid-img_20140703_023522.jpg

Instalado o MXplayer é possível usar a decodificação de hardware para vídeos. Funcionou, embora um pouco lento para carregar e com alguns defeitos.

wpid-img_20140703_024053.jpg

Os pequenos defeitos que eu encontrei poderiam ser corrigidos por uma nova versão de firmware: o Boot é lento, alguns aplicativos travam ou demoram muito para abrir, não possui sistema de WiFi Display e o Android é apenas 4.1.1. Um upgrade para o Android 4.3 em diante praticamente corrigiria todos este defeitos. Pena que a Positivo ainda não liberou atualização. Tá pior que fabricante chinês!

No entanto, considerando o preço que o MEC pagou, cerca de 450 reais, é um ótimo produto. O som é muito bom e a qualidade de construção é ótima, certamente melhor que os tablets chineses nesta faixa de preço, mesmo desconsiderando os impostos. O MEC está de parabéns por esta iniciativa e a Positivo poderia prestar melhor atenção nas atualizações do software deste cliente em potencial!

O professor que quiser ter um tablet mas ainda não recebeu o seu pode seguir o link do DX para comprar os bons Quad Cores chineses, ou procurar tablets usando a ferramenta ALLChinese do site TudoVemdaChina, que encontra produtos em vários sites chineses ao mesmo tempo.

http://www.dx.com/s/quad+core+tablet

http://www.tudovemdachina.com/allchinese/busca.php?search=quad+core+tablet

Sobre Adriano

Adriano
Professor, Engenheiro e comprador de produtos malucos da China.

11 Comentários

  1. Aracati Maira dos Santos Gonçalves

    Olá boa noite.
    Sua postagem é muito interessante. Parabéns conseguiu ponderar as críticas não apenas vendo os defeitos mas também as qualidades.
    Tenho um tablet positivo, e infelizmente minha filha pisou nele acidentalmente, quebrando a tela, acho que é a que fica por dentro. Você poderia me dizer onde posso comprar essa peça?
    Agradecida Aracati Maira

  2. Só esqueceu de falar do tempo que leva pra carregar: 6 HORAS! E pra descarregar ele bastam 2 horinhas de vídeo…

    Na verdade a besteira que eu fiz foi COMPRAR um Tablet 10″ desses por R$ 1.200,00…

    Estou completamente arrependida! O tablet é lento, demora carregar, descarrega rápido, trava com facilidade… enfim…

    • Adriano

      Essa foi uma péssima ideia. Não vale tanto dinheiro assim. Sobre travar, teve um factory reset, voltar às configurações originais do tablet. Deve voltar a funcionar…

      Sobre a bateria, duas horas de vídeo vida Wifi é comum na maioria dos tablets. Desligue o Bluetooth e diminua o brilho da tela e deve melhorar um pouco…

      • Realmente eu fui aprendendo a lidar com ele, fui lendo na internet sobre dicas de como aproveitar melhor o desempenho, pra não jogar dinheiro fora, mas certamente esperava muito mais de um produto caro que nem esse.

        Enfim, da próxima vez venho aqui no seu fórum/blog dar uma espiadinha nas dicas.

        Obrigada pela resposta!

    • Adriano

      Só para lembrar, o governo passou 300 e pouco por este tablet…

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

*